Categoria: Intercâmbio

Intercâmbio

Como organizar um intercâmbio – guia passo a passo

fevereiro 06, 2017por 0

Como organizar um intercâmbio - guia passo a passo

Fazer um intercâmbio é o sonho de muitas pessoas e assim como era o meu. Em 2012, tive a oportunidade de realizar esse sonho e me mandei para Boston, nos EUA, para estudar inglês por 5 meses. Foi uma das melhores experiências da minha vida? SEM SOMBRA DE DÚVIDAS.

Por isso estou fazendo esse post: para te ensinar como organizar um intercâmbio passo a passo, te ajudando como fazer tudo isso da melhor forma.

1. Escolha um lugar para o qual você sempre quis ir

Você tem algum país que sempre quis conhecer, mas nunca teve oportunidade de ir? Que tal escolhê-lo como o destino do seu intercâmbio? Aí ao mesmo tempo que você conhece o país dos seus sonhos também tem a experiência da sua vida. Nada mal, né?

Pesquise bastante antes relatos de pessoas que vivem lá para você saber tudo em detalhes em relação a qualidade de vida, gastos e clima. Todas essas informações serão muito importantes para você decidir pelo melhor lugar para ir.

2. Saiba o que você quer fazer lá

Você quer ir para estudar inglês, fazer universidade ou um curso profissionalizante? Ou quer unir estudos e trabalho? Tudo isso precisa ser decidido pois cada um desses tipos de intercâmbio tem duração e valores diferenciados, então tenha certeza daquilo que você quer fazer.

3. Agência ou independente?

Quando fiz meu intercâmbio em 2012, eu fui pela CI Intercâmbio e foi uma ótima experiência. Se você tem contatos no país para onde você vai e se sente seguro em organizar tudo sozinho, go independent. Agora, se você não se sente tão seguro assim e tem medo que algo dê errado, recomendo que você contate uma agência.

4. Onde ficar?

Todo mundo sabe que eu sou bastante a favor de casas de família durante um intercâmbio (aqui eu conto o motivo), mas existências várias formas de hospedagem além desta: apartamento alugado, dormitório estudantil, campus.. tudo depende do que você vai fazer durante o intercâmbio.

5. Comprando as passagens

Aqui no blog eu fiz um post falando de dois sites que eu recomendo DEMAIS para comprar passagens super em conta. Além deles, eu recomendo também o SkyScanner que te dá alertas de preços de passagens para o destino que você quer ir.

6. Não pode deixar de levar

Não esqueça seu passaporte (tem gente que chega no aeroporto e vê que esqueceu!), documentos de visto (cada país tem sua burocracia, então é bom pesquisar bastante sobre isso também), remédios e receitas, dinheiro e cartão Travel Money (que é um cartão de débito que possui taxas menores e que pode ser recarregado aqui do Brasil). Além de uma boa câmera fotográfica, estes são os itens que ninguém pode deixar de levar.

7. E não esqueça o seu Guia Para Um Intercâmbio Inesquecível!

Por fim, mas não menos importante, eu tenho uma surpresa para você! Como eu sou apaixonada por intercâmbio e estou sempre procurando ajudar as pessoas, eu criei um guia mega completo para você que quer fazer seu intercâmbio e organizar cada pedacinho dele.

Ele conta com um ebook completo explicando tudo com bastante detalhe cada pedacinho de como montar seu intercâmbio da melhor forma e ainda tem uma planilha MEGA completa para você organizar todas as informações do seu intercâmbio assim como também todos os seus gastos.

Além disso, você ainda vai ganhar de bônus uma tag de mala que criei para você fazer um Do It Yourself e levar ela com você para a melhor experiência da sua vida!

Este é um guia montado de intercambista para intercambista, então eu passei por todas essas dúvidas e anseios em relação ao intercâmbio e sei bem como você deve estar se sentindo.

O valor do Guia Para Um Intercâmbio Inesquecível é de simbólicos R$21,00 (por tempo limitado), tudo para que vocês possam levar com vocês o quanto antes o guia que vai te ajudar a como organizar um intercâmbio da melhor forma possível.

Clique aqui e garanta já o seu guia!

Espero que você goste do nosso Guia. Ele foi construído com muito carinho para você e quero muito saber o que você achou dele depois, ok?

Depois que você adquirir, um email da Hotmart chegará para você com um link para baixar seu Guia.

Beijos e boa viagem!

postado por em 06/02/17
Intercâmbio

Como foi minha experiência com a CI Intercâmbio

setembro 22, 2016por 1

Organizar um intercâmbio, se não for feito corretamente, pode acarretar em vários problemas durante a viagem e pode acabar prejudicando a que seria a melhor experiência da sua vida. Em 2012, quando decidi ir para Boston, eu contatei várias agências de intercâmbio, mas a CI Intercâmbio acabou sendo a que mais me chamou a atenção.

A CI Intercâmbio me ajudou bastante na organização da minha viagem e sempre recomendo bastante conversar com uma agência quando você estiver pensando em estudar fora, porque eles te dão toda a assistência necessária, principalmente quando você está fazendo isso pela primeira vez e não sabe bem pode onde começar.

No vídeo eu falo com um pouco mais de detalhes sobre como foi a minha experiência com a CI Intercâmbio e os motivos de eu achar que a assistência de uma agência é importante para que sua viagem seja da melhor maneira possível.

Clique para assistir ao vídeo

Outros post da séries de intercâmbio:

postado por em 22/09/16
Intercâmbio

5 motivos porque a casa de família (homestay) é a melhor opção

setembro 08, 2016por 2
5 motivos porque a casa de família (homestay) é a melhor opção

Minha casa em Boston

Uma das opções de hospedagem que você pode ter durante o intercâmbio é a famosa casa de família, ou homestay, e na maioria das vezes é uma opção mais barata do que as outras e você consegue viver a experiência de morar em uma casa local e conviver com a cultura do lugar.

A partir do meu segundo mês de intercâmbio, eu resolvi mudar da residência estudantil para a casa de família e posso dizer que foi uma das melhores decisões que pude ter tomado. No vídeo conto um pouco mais sobre como foi morar lá e os motivos de eu ter gostado tanto.

Confira todas os outros vídeos e postagens sobre intercâmbio aqui.

Por que a casa de família vale a pena?

  1. Melhor custo x benefício
  2. Privacidade
  3. Mais liberdade
  4. Experiência cultural mais completa
  5. O idioma melhora muito mais

Tem alguma dúvida sobre homestay? Deixa aqui nos comentários!

Beijo!

postado por em 08/09/16
Intercâmbio

Como é morar em residência estudantil

agosto 03, 2016por 2

Residência estudantil (ou como alguns chamam, um dorm) foi onde eu morei no meu primeiro mês de intercâmbio. Foi uma experiência diferente e interessante, por isso que eu resolvi gravar esse vídeo contando um pouco mais sobre como foi esses dias que passei por lá.

Existem vários lugares onde você pode se hospedar durante o intercâmbio. Para decidir onde ficar, é preciso saber direitinho qual seu objetivo ao estudar fora e como está o seu orçamento.

Acesse também: 5 principais dúvidas sobre intercâmbio (respondidas)

Onde se hospedar durante o intercâmbio:

  • Residência estudantil
  • Casa de família (host family)
  • Apartamento alugado

Qualquer dúvida me digam nos comentários!

Beijos e até a próxima!

postado por em 03/08/16
Intercâmbio

NESE: Minha escola de inglês em Boston

julho 20, 2016por 0

Hoje eu resolvi trazer para vocês um vídeo onde falo com mais detalhes sobre a escola de inglês na qual estudei em Boston, durante o intercâmbio que fiz em 2012. The New England School of English, ou NESE para os íntimos rs, fica nas redondezas do campus de Harvard e é um escola muito boa, onde eu aprendi demais e aperfeiçoei muito meu inglês, além de darem todo o suporte sempre que preciso.

Para saber mais detalhes, entre em:

www.nese.com

Qualquer dúvida sobre a escola, não deixem de me dizer nos comentários que tentarei te ajudar o máximo possível.

Beijos e até a próxima!

postado por em 20/07/16
Intercâmbio

5 principais dúvidas sobre intercâmbio (respondidas)

julho 18, 2016por 1

5 principais dúvidas sobre intercâmbio (respondidas)

5 principais dúvidas sobre intercâmbio (respondidas)

 

A EF me contatou recentemente para fazermos uma parceria bem legal. Eu dei dicas de 5 livros para quem ama viajar lá no blog deles e pedi para eles escreverem um post completo sobre as principais dúvidas que as pessoas têm quando estão planejando fazer intercâmbio. Aí está o resultado e espero que gostem!

 

Acredito que uma das coisas mais belas da vida é se conectar com outras culturas, lugares e pessoas. Imagine–se vivendo em um outro espaço (bem diferente do que está acostumado), falando outra língua e, mesmo assim, descobrir que todos (no mundo) são apenas um. Compartilhando – muitas vezes – dos mesmos sonhos, frustrações e alegrias.

Da fato, buscar uma experiência de intercâmbio é um passo importante e transformador – que vai marcar para sempre a sua vida. Por isso, as dúvidas surgem de maneira massiva antes de partir para o mundo.
Não conheço uma pessoa sequer que não teve dúvidas antes de morar fora. E, olha… Conheço muitas!

Quais são as principais dúvidas sobre intercâmbio que surgem quando uma pessoa começa a se planejar? A EF preparou 5 dicas que vão esclarecer sua mente!

1. O que preciso planejar antes de ir?

Não se assuste. Planejamento faz bem e pode simplificar muito a sua vida.

3 formas de se planejar:

  • 6 meses de antecedência: Desta maneira, se você não estiver com os documentos em dia (vistos, passaporte, vacinas, etc) é tempo suficiente para se planejar para viajar para qualquer destino.
  • 3 meses de antecedência: Se você for uma pessoa organizada, com 3 meses você consegue se matricular na escola, comprar passagem e aguardar o grande dia – tranquilamente. Mas lembre-se de que você deve ter os documentos em dia.
  • 1 mês de antecedência: não se desespere. Você consegue. Vá a uma agência de intercâmbio e prepare tudo com supervisão de um profissional – uma dica boa é conseguir passagens com tarifas melhores – algumas agências conseguem preços mais baixos para intercambistas.

2. O que estudar no meu intercâmbio?

A maioria dos intercambistas vão para o exterior estudar um idioma no país onde ele é falado. Além de ser muito mais efetivo para o aprendizado, a experiência cultural faz toda a diferença para “moldar” o seu vocabulário, expressões e sotaque.

Mas, se preferir focar em outras áreas ou cursos, existem diversas opções para você. Cursos de idioma focados em interesses específicos, preparação universitária no exterior, cursos de preparação para o TOEFL, IELTS e outros exames oficiais, estágio + curso de idioma, além dos programas Work&Travel, Au Pair e etc.

Dê uma pesquisada e escolha o curso que mais se encaixa com seus obejtivos.

3. Vou ficar fluente no idioma em quanto tempo?

Isso depende do seu nível inicial. Geralmente recomendamos 1 ano para atingir a fluência em um idioma. Mas claro, sempre depende de você. Procure sempre conversar com locais, fazer amigos internacionais e focar em somente falar inglês (por exemplo) no seu dia a dia! Mesmo se estiver com amigos brasileiros, fale somente em inglês com eles (ou o máximo que conseguirem).

Se você quer voltar para o Brasil falando outro idioma fluentemente, aposte em um Gap Year, vai não só ajudá-lo na fluência, como também transformar a sua visão de mundo.

4. Documentação e Burocracias

Isto depende muito do destino que você escolher. Alguns países não exigem visto, já outros exigem e as etapas podem ser bem complicadas – mas nunca impossíveis! Na Europa você pode estudar por 6 meses sem um visto. Para Capetown, o prazo é de 3 meses e Singapura, 30 dias.

Canadá, Nova Zelandia, Estados Unidos, Japão ou Australia – vai depender de cada país. O processo é um pouquinho mais complicado, mas fazendo tudo dentro das regras estabelecidas, não haverá muito probema. Procure sempre um profissional para te ajudar durante a aplicação.

5. Quanto dinheiro eu vou gastar nessa “brincadeira”?

Geralmente é preciso de USD 150 à USD 200 dólares por semana para gastos básicos. Mas considere, a parte disso, gastos com entretenimento e compras.

O dinheiro pode ser dividido entre cartões internacionais pré-pago, cartões de crédito e dinheiro físico. É bom ter estas 3 opções disponíveis, deste jeito você não passará apuros e preocupações na sua viagem.

E aí, tem mais dúvidas? Entre em contato com a EF!

Quero agradecer novamente à EF por ter me contatado. Adorei demais de eles terem me dado a oportunidade de trazer esse conteúdo super completo para vocês.

Beijos e até a próxima!

postado por em 18/07/16
Intercâmbio

Respondendo perguntas sobre o meu Intercâmbio

junho 30, 2016por 1
postado por em 30/06/16
Intercâmbio

Como é estudar idiomas no exterior

outubro 22, 2015por 1

Como é estudar idiomas no exterior?

Idiomas hoje é algo super importante de se aprender, né? E estudar idiomas fora do país é o sonho de muita gente, assim como foi o meu. Fazia tempo que eu queria conversar sobre esse assunto com vocês porque em 2012 eu tive a oportunidade de realizar esse sonho e morei em Boston para estudar inglês.

Resolvi gravar um vídeo contando como é essa experiência de estudar inglês em outro país, mais especificamente nos Estados Unidos. Com certeza foi um dos melhores momentos da minha vida e acredito que com um bom planejamento, você também pode realizar esse sonho e conhecer o mundo enquanto estuda uma nova língua.

LINKS MENCIONADOS:

Para ajudar vocês a não esquecer nada na próxima viagem, elaborei uma checklist toda especial que você pode imprimir e preencher à mão ou preencher online. Para baixar, basta deixar seu nome e e-mail abaixo e você receberá na sua caixa de entrada em poucos minutos. 😉

Acesse também: Conheça o Diário de um Poliglota e melhore seu aprendizado em idiomas.

Não esqueçam de deixar suas perguntas sobre o tema!

Beijos e boas leituras!

postado por em 22/10/15